Sobre o inverno

“Nosso inverno não é destituído de cores, não é um período vazio de emoções, mas sim uma ocasião em que todas as alegrias vividas vêm à tona, fazendo-nos rejubilar com a missão cumprida. Todas as estações vividas ainda vibram em nós e estas longas noites de inverno são a ocasião propícia que a vida nos oferece para recordarmos”.

Do livro Estações, de Adelaide Reis de Magalhães, admirável artista que me ensinou sobre as estações e sobre como manter o brilho em meus olhos.

IMG_0558

 

Ordeno-te a nascer só.
E só, caminharás o teu caminho
Sozinha, enxugarás a lágrima que cair
Sozinha, costurarás a ferida que se abrir.

Ordeno-te a viver só.
E só, controlarás redemoinhos
Sozinha, concederás o alívio a fruir
Sozinha, sorrirás o riso que insistir.

Ordeno-te a morrer só.
E só, retornarás ao teu ninho
Sozinha, entregarás a alma a servir
Sozinha, findarás a angústia a brandir.