Leve, leve, leve

Bambuzá levim
Verdim que só
Uma maciez de verde
Que si imbalança mais levim que o ar
É uma dança que nem baruio faz
Mas é de ouví a música
Que a folha n’otra folha toca
E que o bambu n’otro bambu roça
É leve, leve, leve essa vida verde
E que leve, leve, leve todo o mal da gente.

Bambuzá, Nankim sobre papel, de Grace Donati.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s