Segredo claro

Vejo em ti toda a imensidão
De uma alma em dor
Toda a vastidão
Do desassossego em flor
O riso em riste
A lágrima triste
Uma luz sem cor

Em ti contemplo a virulência
De guardado rancor
A inconsciência
De obsoleto amor
O olhar em salva
A alegria calma
Segredo claro de um pecador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s